Agora é lei. Estado do Paraná terá alimentação escolar 100% orgânica.

                                              Produção agroecologica no Assentamento Contestado Foto: Leandro Taques.

Texto: Antonio Kanova

Foto: Leandro Taques

Os Estado do Paraná deu um grande passo para tornar a alimentação escolar orgânica. Nesta terça-feira (03), o governador do Estado Ratinho Junior, assinou o decreto que sanciona a Lei 16.751/10, que prevê que toda a alimentação escolar das escolas estaduais deve ser 100% orgânica.

O Estado do Paraná, torna se assim o primeiro estado brasileiro a ter um política voltada para a alimentação escolar, sendo 100% orgânica. Olcimar da Rosa, diretor-presidente da Cooperativa Central da Reforma Agrária do Paraná (CCA), afirma que “é simbólico que as escolas, as crianças e adolescentes do Paraná sejam os primeiros a poder receber alimentos sem veneno a partir de uma obrigação legal, ressalta.

A meta é até o final de 2030, garantir que as 2 mil escola estaduais, possam ter em sua alimentação escolar, alimentos sem veneno. Para o coordenador da ELAA, Nei Ozerkovski, essas é uma conquista, no entanto, “precisa ter uma política pública de estado que possa incentivar o agricultor na produção agroecologia, incentivar a pesquisa em relação ao combate as pragas, ter incentivo em tecnologia para o aumento da produtiva para que de fato possa fortalecer a agricultura familiar e os agricultores dos assentamentos”, afirmou.

Atualmente, segundo Instituto Agronômicos do Paraná (IAPR), 8% da alimentação escolar é orgânica, representando apenas 84 municípios de um total de 399 municípios. O Instituto ainda afirma que 60% da alimentação escolar são oriundas da agricultura familiar.

Rosa, ainda ressalta que é apenas um passo importante para um mudança da política dos modos alimentares. “Queremos que seja o começo de uma mudança estrutural da legislação e das políticas públicas, para que todas as pessoas possam produzir e ter acesso a alimentos de verdade, sem agrotóxicos”, afirmou.

Junto ao decreto, o governo do estado também criou o programa Coopera Paraná, com o objetivo de fortalecer as cooperativas, dado assessoramento, capacitação e apoio financeiro às organizações, como forma de viabilizar a agricultura familiar e produção alimentos de orgânicos.

                                                                    Produção agroecologica no Assentamento Contestado Foto: Leandro Taques.

Um comentário sobre "Agora é lei. Estado do Paraná terá alimentação escolar 100% orgânica."

  1. Parabéns ao Estado.do Paraná, ao Governo.do mesmo e à população pela exemplar iniciativa. Que outros estados sigam esse exemplo de cuidado com as crianças e jovens estudantes, bem como.a oportunidade aos produtores familiares de cooperativamente busquem trabalho e renda ,tendo como princípio a sustentabilidade .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 6 =