Aprendendo a prevenir e a curar com a homeopatia: uma viagem de saberes

     De 15 a 19 de novembro a IV Turma de Agroecologia da ELAA esteve em viagem pelo interior do Paraná. A viagem teve dois objetivos principais, aprofundar no conhecimento da homeopatia e conhecer as experiências desta prática nos movimentos da região.

     A primeira parada foi em Pinhão, cidade situada na região centro do Paraná. O grupo esteve no espaço da Casa da Família Rural e participou de uma oficina introdutória em homeopatia com o companheiro Valter do MPA, aplicada na saúde humana, animal e também na agricultura.

A homeopatia foi sistematizada pelo alemão Samuel Hahneman em 1796 e se guia por quatro princípios essenciais: o semelhante cura semelhante, a experimentação em pessoas sadias, a dose mínima e o medicamento único. Foi trazida ao Brasil no ano de 1840 e amplamente difundida em hospitais e universidades, perdendo espaço na sequência, por se tratar de uma medicina acessível e muito barata.

     Segundo Valter ao contrário da medicina convencional e alopática “O objetivo do terapeuta homeopata não é curar um sintoma, mas sim buscar o reequilíbrio da força vital”. Nesse sentido, respeitando as especificidades de cada caso, se busca um restabelecimento rápido, suave e duradouro.

Por coletivo de comunicação da ELAA

     Seguindo viagem, a próxima parada foi em Laranjeiras do Sul, no Assentamento 8 de junho. Lá, a homeopatia vem sendo utilizada e disseminada há 4 anos através da Cooperjunho. O companheiro Edemilson – técnico em agropecuária e terapeuta homeopata – relata que no início foi um tanto difícil conhecer os medicamentos e seus usos, mas a partir de experimentos junto as famílias chegaram a um acúmulo de conhecimento e experiência.

     Na sede foi construído um laboratório onde são feitas as dinamizações e preparações dos medicamentos. Esses medicamentos são utilizados não só pelas famílias assentadas, mas também atende as demandas das comunidades da região, incluindo o trato animal e agrícola, bem como o tratamento humano. Um fato bastante importante a se ressaltar é a viabilidade econômica do uso da homeopatia, tornando mais acessível às comunidades carentes e privadas de políticas públicas, tanto de saúde como de acompanhamento agrícola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*